Ácido Fólico: Quando suplementar?

Fonte:

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Dr. Nuno Ferreira

Validação Científica:

Prof. Armando Sá

Leia o artigo aqui:

O papel do ácido fólico no desenvolvimento fetal

Os estudos efectuados estabeleceram que 50 a 70% das malformações congénitas do tubo neural, que produzem defeitos neurológicos profundos e, por vezes, fatais, podem ser prevenidas pela administração de uma quantidade suficiente de ácido fólico diariamente às mulheres. As mulheres que estão a planear engravidar devem começar a tomar um suplemento contendo 400 a 800 microgramas de ácido fólico todos os dias. As mulheres devem começar a tomar este suplemento pelo menos um mês antes da concepção e devem manter esta administração durante os primeiros três meses de gravidez. Sem suplementação, a maior parte das mulheres irá apresentar carência desta substância.

Ácido fólico nos alimentos

Os suplementos não constituem a única forma de garantir que ingere uma quantidade suficiente desta vitamina B importante.

Alimento                                                                         Ácido fólico (miligramas)

Vísceras de aves, 100 gramas                                                             0,38

Feijões, da maioria dos tipos, cozinhados, 1 chávena                             0,26

Nabiças, cozinhadas, 1/2 chávena                                                        0,17

Abacate, 1 médio                                                                              0,16

Quiabo, cozinhado, 1/2 chávena                                                          0,13

Espargos, cozinhados, 1/2 chávena                                                      0,13

Cereais de pequeno-almoço, fortificados, 1 chávena                               0,11

Sumo de laranja, 1 chávena                                                                0,11

Espinafres, cozinhados, 1/2 chávena                                                    0,10

Fonte: USDA Nutrition Database

Informação adicional

Sociedade Portuguesa de Ginecologia e Obstetricia
Direcção Geral de Saúde
Conteúdo proveniente da Harvard Medical School
Revisão:
Dr. Nuno Ribeiro Ferreira
Editor Médico
Validação:
Professor Armando Brito de Sá
Medico de Família, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: