Qual é a diferença entre tumor e cancro?

Prof. Luis Filipe Silva

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Cancro pelo Prof. Luis Filipe Silva: Qual é a diferença entre tumor e cancro?

Leia o artigo aqui:

 

 

Há sempre uma grande confusão entre estes dois termos e é muito importante saber distingui-los, porque o seu significado clínico é muito diferente.

 

Um tumor é uma massa anormal de células que se forma no corpo, e que pode ter várias localizações (no fígado, na mama, no cólon). Forma-se a partir de uma única célula (entre os biliões de células que constituem o corpo), e inicia-se quando ela sofre uma alteração genética no seu DNA. Um acontecimento raro e imprevisível interfere com a molécula de DNA, modifica-a, e dá à célula a capacidade de se multiplicar rapidamente, mais do que as suas células vizinhas. Esta nova formação – Neoplasia – caracteriza-se por uma multiplicação celular anormal em que as células perdem a sua capacidade de diferenciação.

Se este conjunto de células permanecer localizado – estaremos em presença de um tumor benigno.

Os sistemas de circulação permitem às células dispersar-se no corpo, aceder a outros órgãos e formar metástases.

No entanto estas células sofrem muitas vezes outras alterações genéticas que lhes vão permitir destacar-se do tumor, adquirir mobilidade e invadir outros tecidos na sua vizinhança. Se estas células atingirem um capilar sanguíneo ou linfático, podem inclusive viajar pela corrente sanguínea ou linfática, e instalar-se noutros órgãos. Assim se formam as denominadas metástases, ou cancro secundário, sinais de que a doença progrediu e conseguiu dispersar-se pelo corpo.

Neste caso estaremos em presença de um tumor maligno e este sim pode ser correctamente designado por cancro.

Concluindo

Um tumor só tem o nome de cancro quando é maligno, ou seja, tem a capacidade de invadir outros tecidos.

Um tumor benigno, ao contrário do cancro, cresce confinado ao seu local de origem e é, quase sempre, facilmente operável. As complicações que podem surgir estarão relacionadas com a sua dimensão, pelo peso e compressão que pode exercer nos órgãos ao seu redor.

Prevenção

A probabilidade de sucesso no tratamento do cancro aumenta imenso quando ele é detectado em fases iniciais do seu desenvolvimento.

Na maior parte dos casos, o desenvolvimento do cancro, desde uma lesão inicial benigna até ao estado de cancro propriamente dito, leva entre 10 a 15 anos.

Por isso, não se esqueça: faça os exames de rastreio programados pelo seu médico de família.

A prevenção é uma das formas mais eficazes de combate à doença!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: