Alimentar é educar.

Profª Isabel Loureiro

Leia aqui o artigo:

Para combater a crescente epidemia da obesidade, as mudanças ao nível do ambiente físico, social e económico são uma prioridade no sentido de formar sociedades onde os padrões saudáveis de alimentação e actividade física sejam uma regra.No entanto, enquanto estas mudanças não acontecem a um nível macro é muito importante preparar os indivíduos e as famílias para viverem numa sociedade obesogénica sem cederem às suas pressões. Neste sentido, a alimentação deve ser encarada como parte integrante de todo o processo de criação e educação de uma criança, por forma a esta aprender a interagir consigo própria, com o ambiente e com a sociedade.A gravidez e os primeiros anos de vida são fases que conferem oportunidades únicas para o processo educativo, bem como para a formação de bons hábitos de alimentação tanto na criança como na própria família. 


São aspectos a destacar nesta etapa:

  • a maior motivação da família para a adopção de bons hábitos que irão influenciar os hábitos da criança;
  • o papel do aleitamento materno e dos primeiros anos de vida no estabelecimento de uma relação de respeito aos sinais internos de fome e saciedade da criança, quer por parte da criança quer por parte dos pais;
  • a melhor aceitação no decorrer da infância dos alimentos que fizeram parte da alimentação nos primeiros anos de vida, e o papel fundamental da forma como decorreu a diversificação alimentar neste sentido;
  •  as repercussões da utilização de alimentos para fins emocionais (conforto)na relação da criança com a alimentação;
  • o exercício de um estilo parental que responde às necessidades da criança, mas ao mesmo tempo cria regras de bom comportamento;
  • o papel das refeições em família como forma de interacção e fortalecimento dos laços afectivos, de oportunidade para a modelagem dos comportamentos e do desenvolvimento do prazer pela alimentação saudável.   

Conteúdo produzido no âmbito do projecto de produção de Informação do Programa Harvard Medical School-Portugal “Papa Bem: uma abordagem à obesidade infantil”

Este trabalho é co-financiado através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, QREN E COMPETE

A Professora Isabel Loureiro, da Escola Nacional de Saúde Pública, esteve hoje na Edição da Manhã da SIC Notícias para falar do tema “Alimentar é educar”. Não perca o vídeo! 

11 de Agosto de 2011

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: