Mitos e Crenças na Saúde: A grávida tem que “comer por dois”!

Autor: Prof. Luis Graça

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Mitos e Crenças na saúde, pelo Prof. Luis Graça: “A grávida tem que “comer por 2″!”

Leia o artigo aqui:

Este é um dos mitos mais difundidos.

Na verdade, considera-se que a maior necessidade de calorias durante a gravidez não excede, em média, as 150-200 calorias por dia, as quais são obtidas sem necessidade de aumentar a ingestão de alimentos, mas apenas pela poupança dos gastos calóricos devido à habitual diminuição do exercício físico que, em particular no último trimestre, ocorre na maioria das grávidas.

Deste modo, a grávida não deve “comer por dois”, mas sim ajustar o seu padrão alimentar às necessidades próprias da gravidez.

Com este objectivo, a gestante deve aumentar a ingestão de proteínas animais (carne, leite e queijo magros, ovos, frango e peixe) uma vez que estes alimentos fornecem as combinações óptimas de aminoácidos necessárias ao desenvolvimento fetal normal e às exigências do organismo da grávida.

Pelo contrário, as calorias provenientes dos hidratos de carbono devem ser reduzidas, diminuindo a ingestão de farináceos (pão, batata, arroz e massas) e abolindo da dieta os alimentos ricos em açúcar (doces, gelados, chocolate, compotas, mel, etc.).

No que respeita às gorduras, a grávida pode usar liberalmente o azeite e evitar, tanto quanto possível, as gorduras animais (manteiga e queijos gordos) e os alimentos fritos.

Anúncios

2 Respostas to “Mitos e Crenças na Saúde: A grávida tem que “comer por dois”!”

  1. Cátia Borges Says:

    A % de aumento do metabolismo basal no 3º trimestre de gravidez é em média de 25%, logo, em repouso o organismo da grávida tem necessidades energéticas acrescidas. A FAO recomenda um aumento de1.5 MJ/dia (360 kcal/dia)no 2º trimestre, e 2.0 MJ/dia (475 kcal/dia) no 3º trimestre. Estas recomendações podem ser diminuídas nas mulheres que de facto reduzem a sua actividade no último trimestre mas nem todas o fazem.

    As calorias provenientes dos hidratos de carbono, não devem ser reduzidas. Segundo as recomendações (nacionais e internacionais) estes deve perfazer cerca de 40-55% do consumo energético total. O consumo “liberal” de azeite também traduz uma ideia errada que o azeite sendo uma gordura saudável pode ser consumido sem qualquer quantificação. O leite magro é pobre em vitaminas lipossolúveis A,D,E,K.

    A ingestão proteica da população em geral já é excessiva logo a grávida normalmente não necessita de aumentar a ingestão pois as necessidades já se encontram cobertas pela ingestão habitual.

    As gorduras animais que refere que devem ser evitadas também incluem as gorduras do peixe (que é um animal), o peixe é fornecedor de ómega-3, gorduras essenciais ao desenvolvimento cerebral.
    Na população portuguesa existe uma deficiência generalizada de iodo, nomeadamente em grávidas sendo este nutriente essencial ao desenvolvimento neurológico do feto pelo que o consumo de peixe deve ser incentivado neste período.

    Os alimentos ricos em açúcar não necessitam de ser abolidos completamente desde que consumidos em pequenas quantidades e desde que não haja uma diabetes gestacional. O que é preferível um pão barrado com 1 pacote pequeno de manteiga ou com 1 colher de chá de doce?
    É preciso deixar de dar noções generalistas e erradas que não se fundamentam nas recomendações atuais de alimentação equilibrada e saudável.

    http://www.fao.org/docrep/007/y5686e/y5686e0a.htm

    • hmsportugal Says:

      Num minuto não é possível passar mais informação sobre este tema. O objectivo desta informação é ser complementar não dispensando o aconselhamento presencial de um médico para analisar cada caso especifico.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: