Mais demência nas mulheres com apneia do sono

Fonte: 

Tradão e Edição de Imagem Científica:


Um estudo recente sugere que as mulheres com apneia do sono podem ter uma maior probabilidade de desenvolver demência. O estudo incluiu 298 mulheres idosas com uma média etária de 82 anos. Elas não apresentavam demência ou deficiência cognitiva ligeira no início do estudo. Todas as mulheres tomaram parte num estudo do sono durante uma noite. Em mais de um terço foi diagnosticada uma apneia do sono. Elas deixavam de respirar brevemente ou respiravam muito superficialmente pelo menos 15 vezes por hora durante o sono. Cinco anos mais tarde, as mulheres foram submetidas a testes para avaliar o raciocínio e a memória. Os investigadores ajustaram estes resultados para tomar em consideração fatores que podem afetar o risco de demência. Estes fatores incluem a idade, a educação, o excesso de peso, a diabetes e o tabagismo. Cerca de 45% das mulheres com apneia do sono tinham desenvolvido uma demência ou uma deficiência cognitiva ligeira, enquanto essa taxa foi de 31% nas mulheres sem apneia do sono. Isto corresponde a um aumento de 85% do risco nas mulheres com apneia do sono. O risco mais elevado foi associado à privação de oxigénio durante o sono. A duração do sono das pessoas e a frequência com que acordaram não afetou o risco de demência. O Journal of the American Medical Association publicou este estudo e a HealthDay News e o serviço de notícias da Reuters Health escreveram recentemente sobre ele.

Qual é a reação do médico?

Os resultados deste estudo salientam a preocupação relativamente à possibilidade da apneia do sono nos adultos idosos poder aumentar o risco de uma deficiência no funcionamento cerebral e de uma possível demência. Esta preocupação não é nova, mas os achados dos estudos anteriormente realizados têm sido contraditórios. Os resultados deste estudo revelam uma associação mais convincente entre a apneia do sono e a deficiência no funcionamento cerebral.

A apneia do sono constitui uma forma de perturbação da respiração durante o sono. Estes distúrbios causam uma respiração anormal durante o sono. Uma pessoa com uma perturbação da respiração durante o sono pode apresentar períodos em que a respiração se torna muito superficial ou se suspende.

De longe, a apneia obstrutiva do sono constitui o tipo mais comum de perturbação da respiração enquanto a pessoa dorme. Durante o sono, é normal que os músculos situados em volta das vias aéreas superiores se relaxem. Nas pessoas com apneia obstrutiva do sono, os músculos relaxados bloqueiam as vias aéreas.

Algumas pessoas apresentam uma maior probabilidade do que outras de sofrer de apneia do sono. Esta perturbação é mais comum nas pessoas com:

  • Tecido em excesso devido a um aumento de volume da língua, das amígdalas ou da úvula (a estrutura suspensa na parte posterior da garganta)
  • Gordura excessiva nas paredes das vias aéreas
  • Congestão nasal
  • Músculos excessivamente relaxados na parte posterior do palato.

A respiração pode tornar-se superficial centenas de vezes por noite ou pode interromper-se completamente durante 10 a 30 segundos de cada vez. O nível de oxigénio de uma pessoa pode descer durante estes episódios. Por vezes, a descida é dramática. Ao mesmo tempo, o nível de dióxido de carbono (o gás que expiramos) aumenta no sangue. Este desequilíbrio conduz a um sono fragmentado, mesmo que a pessoa não tenha consciência deste facto durante a noite.

Não sabemos se a apneia do sono nas pessoas jovens e de meia-idade causa diretamente uma deficiência permanente na função cerebral. Mas causa definitivamente sonolência durante o dia. Esta pode afetar a sua qualidade de vida e pode conduzir a acidentes de viação.

A apneia do sono encontra-se igualmente associada a:

  • Dores de cabeça, especialmente matinais
  • Hipertensão arterial
  • Doença cardíaca
  • Acidente vascular cerebral
  • Depressão.

Que alterações poderei efetuar agora?

Os indícios de que pode sofrer de apneia do sono incluem:

  • Ressonar alto quatro ou mais vezes por semana
  • Alguém dizer-lhe que para de respirar ou que parece asfixiar durante o sono
  • Sonolência durante o dia (adormecer quando não está ocupado ou quando vai a conduzir)
  • Um pescoço largo (tamanho do colarinho) — 43,1 cm ou mais nos homens e 40,6 cm ou mais nas mulheres

Se pensar que pode sofrer de apneia do sono, consulte o seu médico. Ele pode recomendar a realização de um estudo do sono. Tradicionalmente, este é realizado num centro do sono, mas pode fazê-lo no domicílio.

Determinadas alterações do estilo de vida podem ajudar a melhorar a apneia do sono.

  • Perca peso se tiver excesso de peso.
  • Pratique mais exercício físico.
  • Reduza o consumo dos alimentos e bebidas açucaradas. Durma de lado em vez de dormir em decúbito dorsal. Isso pode reduzir a pressão nas suas vias aéreas superiores.
  • Evite o consumo de álcool, de sedativos e de relaxantes musculares.

O melhor tratamento para a apneia obstrutiva do sono é o CPAP (pressão positiva contínua nas vias aéreas). Para o efeito, a pessoa usa uma máscara durante a noite. Esta máscara está ligada a uma pequena máquina que cria uma pressão de ar estável e que a envia para a máscara. A pressão de ar faz com que as suas vias aéreas tenham uma menor probabilidade de colapsar. Até 80% das pessoas beneficiam com a utilização de um dispositivo de CPAP.

Nem todas as pessoas conseguem tolerar o CPAP mas existem outras opções de tratamento.

O que poderei esperar ao olhar para o futuro?

A relação entre a apneia do sono e a perturbação do funcionamento cerebral com o envelhecimento necessita de ser confirmada por meio de outros estudos. Esta não é uma tarefa fácil uma vez que ambas as situações são muito comuns.

Nem todas as pessoas com apneia do sono estarão em risco de sofrer de demência. E se a apneia do sono se vier a revelar como uma causa de demência, ela não será claramente a causa mais comum. Assim, é necessária muito mais investigação para esclarecer esta situação.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: