Mitos e Crenças na Saúde: depois de uma cesariana, sempre uma cesariana

Prof. Luis Graça

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobreMitos e Crenças na Saúde: depois de uma cesariana, sempre uma cesariana” com o Prof. Luís Graça: Depois de uma cesariana, sempre uma cesariana

Leia o texto do áudio aqui

Este é um verdadeiro mito. De facto, a maioria das cesarianas de repetição são efetuadas eletivamente e, muitas vezes, a decisão é influenciada por um deficiente aconselhamento clínico.

Em muitas circunstâncias, uma mulher que foi submetida a uma cesariana poderá ter um parto vaginal numa gravidez seguinte. Cerca de 2 terços das grávidas com uma cesariana anterior serão candidatas para uma prova de parto vaginal. Com uma seleção apropriada e vigilância adequada do trabalho de parto, entre 60 e 80% destas grávidas terão mesmo um parto vaginal.

As grávidas candidatas a uma prova de trabalho de parto são, na maior parte, aquelas em que a cesariana na gravidez anterior foi efetuada por uma razão que não se repete na gestação em curso, como, por exemplo, o sofrimento fetal intra-parto, a gravidez gemelar, a apresentação fetal anómala, etc.

O Colégio Americano de Obstetrícia e Ginecologia recomenda que, ponderados cuidadosamente os fatores envolvidos e feito o devido aconselhamento, seja dada a oportunidade de uma prova de parto vaginal a todas as grávidas com uma cesariana anterior em que a história clínica mostre um baixo índice de risco de complicações.


Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: