A gestão de doença crónica favorece a comunicação entre os profissionais de saúde e os doentes com diabetes tipo 2

Prof. António Vaz Carneiro

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre “A gestão de doença crónica favorece a comunicação entre os profissionais de saúde e os doentes com diabetes tipo 2” com o Prof. António Vaz Carneiro:A gestão de doença crónica

A gestão de doença crónica – como é o caso da diabetes – é uma maneira de organizar os serviços de saúde de modo a que o doente possa estar acompanhado de modo mais permanente, e não apenas quando vai ao seu centro de saúde para uma consulta.

Estes esquemas de gestão de doença crónica parecem ser mais eficazes e apresentar melhores resultados em termos da doença de base, em muitos casos com menor consumo de recursos e até maior satisfação dos doentes.

Este último aspecto é muito importante, já que a doença crónica obriga a uma relação naturalmente prolongada do doente com o Sistema Nacional de Saúde.

Uma das razões será a melhor comunicação entre todos os envolvidos (profissionais de saúde, doentes, administrativos, etc.). Num recente estudo, um sistema de gestão de doença crónica disponibilizava mais tempo de consulta e aconselhamento do que os cuidados habituais, com muito maior satisfação dos doentes com os seus cuidados.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: