As receitas electrónicas também podem conter erros

Prof. António Vaz Carneiro

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre “As receitas electrónicas também podem conter erros” com o Prof. António Vaz Carneiro: As receitas electrónicas também podem conter erros

Toda a gente sabe que uma receita escrita manualmente pode dar origem a erros, nomeadamente por dificuldade de decifração da escrita do médico prescritor.

Existe até uma definição de uma caligrafia impossível de ler: é a “letra de médico”.

Com os sistemas de prescrição electrónicos presentemente cada vez mais utilizados no nosso Sistema Nacional de Saúde, em que os médicos utilizam um computador e respetiva impressora para emitir uma receita, estes problemas de caligrafia deixam naturalmente de existir, já que sai tudo devidamente impresso.

Ultrapassou-se finalmente o problema dos erros ligados às prescrições ?

Bom, parece que não.

Um estudo recentemente publicado nos Estados Unidos pegou em cerca de 4.000 recitas geradas eletronicamente e submeteu-as a um rigoroso escrutínio por um grupo de peritos médicos e farmacêuticos. Estes identificaram problemas em 1 em cada 10 receitas, em que mais frequentemente faltavam a dosagem da medicação, a frequência da sua toma e até a duração total do tratamento.

Estes resultados sugerem que deve ter atenção às suas receitas, para garantir que toda a informação necessária nelas se encontra e, caso falte, possa falar com o seu médico para a sua correção.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: