Obesidade Infantil: da raridade à epidemia

Dr. Davide Carvalho

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre “ Obesidade Infantil: da raridade à epidemia ” com o Dr. Davide Carvalho:  Obesidade Infantil: da raridade à epidemia

A obesidade infantil é um fenómeno recente e preocupante. Com efeito, no século XIX era tão rara que 2 irmãos com obesidade infantil nascidos em Turim, Itália, foram passeados por toda a Europa, inclusive em Portugal, num circo onde foram observados como fenómenos extraordinários. Infelizmente hoje em dia é comum: 1/3 das crianças portuguesas tem excesso de peso e obesidade. Se pensarmos que uma criança obesa aos 6-11 anos tem um risco de 30% a 50% de ser um adulto obeso; se pensarmos que um adolescente obeso tem 75% probabilidades de ser um adulto obeso, percebemos a dimensão do problema. Para a maioria das crianças a causa da obesidade é uma predisposição genética (pais/familiares obesos) acrescida do efeito de um ambiente gerado de obesidade, traduzido por comportamentos sedentários associados a elevado consumo de alimentos densamente energéticos. Nestas crianças, o tratamento é mais eficaz se forem utilizadas técnicas motivacionais de forma a encorajar os pais a adoptarem modificações do estilo de vida bem como medidas preventivas num contexto familiar.

Anúncios

Uma resposta to “Obesidade Infantil: da raridade à epidemia”

  1. jorge manuel bastos das neves Says:

    Muito interessante e pedagógico.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: