O que é a vertigem? Quais as suas manifestações clínicas?

Fonte: 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Drª. Ana Correia

Validação Científica:

Prof. Lobo Antune

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Neurologia pelo Prof. João Lobo Antunes: O que é a Vertigem?

Leia o artigo aqui:

O que é?

A vertigem é a sensação de que o corpo de um indivíduo ou o meio ambiente se estão a mover (geralmente a andar à roda). A vertigem pode ser um sintoma de muitas doenças diferentes. As causas mais comuns de vertigem são doenças que afectam o ouvido interno, incluindo:

  • Vertigem posicional paroxística benigna — Nesta situação, uma alteração na posição da cabeça causa uma sensação súbita de rotação. A causa mais provável é a presença de pequenos cristais que se libertam nos canais do ouvido interno e estimulam as terminações nervosas sensíveis no seu interior. Pode ser provocada por um traumatismo craniano mas, na maior parte dos casos, não é possível encontrar um factor desencadeante.
  • Labirintite aguda, também denominada nevrite vestibular — Esta patologia é uma inflamação do aparelho responsável pela manutenção do equilíbrio no ouvido interno, provavelmente causada por uma infecção viral.
  • Doença de Menière — Esta doença causa episódios repetidos de vertigens, geralmente com zumbidos nos ouvidos e uma perda de audição progressiva para sons de baixa frequência. A doença de Menière é causada por uma modificação do volume de líquido no interior do ouvido interno. Embora a razão para esta alteração não seja conhecida, os cientistas suspeitam que possa estar associada a uma infecção viral, traumatismo, doença auto-imune ou a factores biológicos no interior do próprio ouvido.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Dicas sobre saúde

Sabe o que é a tiroidite de Hashimoto? É uma das doenças hereditárias auto-imunes da glândula toroideia.

O que é a Arterite de Takayasu?

Fonte: 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Drª.Carolina Vaz Macedo

Validação Científica:

Prof. António Vaz Carneiro

Leia aqui o artigo:

O que é?

A arterite de Takayasu, igualmente conhecida por aortite de Takayasu, doença sem pulso e síndrome do arco aórtico, é uma doença inflamatória crónica das artérias. O seu nome deriva do médico que a descobriu em 1905, o Dr. Mikito Takayasu.

Na maior parte dos casos, a arterite de Takayasu afecta a aorta e os seus ramos principais, incluindo as artérias do cérebro, dos braços e dos rins. A aorta é a artéria principal do corpo, permitindo que o sangue rico em oxigénio bombeado pelo coração alcance o resto do organismo. Menos frequentemente, a artéria pulmonar e as artérias coronárias (artérias do coração) encontram-se igualmente envolvidas. Esta doença causa lesões nos órgãos principais do corpo, pulsos reduzidos ou ausentes nos braços e nas pernas e sintomas de má circulação, tais como a diminuição da temperatura num braço ou numa perna, dores musculares com o exercício ou o esforço ou sintomas de acidente vascular cerebral (AVC) se as artérias cerebrais estiverem estreitadas ou obstruídas. Esta doença pode ser fatal.

Leia o resto deste artigo »

O que é o Lúpus (Lúpus Eritematoso Sistémico)?

Fonte: 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Dr. André Carvalho

Validação Científica:

Prof. João E. Fonseca

Leia aqui o artigo:

O que é?

O Lúpus ocorre porque o sistema imunitário, erroneamente, ataca os tecidos do próprio corpo, ao invés de os proteger de agressões externas como vírus e bactérias. Nesta doença certas proteínas imunológicas, designadas por auto-anticorpos, perdem a sua capacidade de distinguir entre um corpo estranho “invasor” e os tecidos e células do próprio doente identificando as células normais da pessoa como corpos estranhos e eliminando-as de seguida. O resultado é uma reacção auto-imune que pode causar inflamação e danos nos tecidos de diferentes partes do corpo, incluindo as articulações, pele, rins, sistema nervoso (cérebro, espinal medula e nervos), sangue, coração, pulmões, sistema digestivo e olhos. Os auto-anticorpos podem ainda conectar-se a certos químicos presentes no organismo, formando assim moléculas anormais designadas por imunocomplexos, que, por sua vez, desencadeiam inflamações e/ou lesões adicionais quando se alojam nos diversos órgãos ou tecidos do corpo.
Leia o resto deste artigo »

O que é Ataxia de Friedreich

Fonte: 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Drª.Carolina Vaz Macedo

Validação Científica:

Prof. Lobo Antunes

Leia aqui o artigo:

O que é?

A ataxia de Friedreich é uma doença hereditária (genética) que condiciona uma deterioração de determinadas células nervosas ao longo do tempo. Em muitos casos, esta doença afecta igualmente o coração, alguns ossos e as células no pâncreas que produzem insulina. A doença começa tipicamente por uma dificuldade na marcha. As pessoas com ataxia de Friedreich desenvolvem movimentos trémulos e desajeitados nas pernas (denominada marcha atáxica) durante a infância ou o início da adolescência. Em casos raros, os sintomas surgem na primeira infância ou em adultos de meia-idade. À medida que a doença se agrava, as pessoas podem desenvolver deformidades ósseas ao nível da coluna e dos pés, perda de sensibilidade nos membros, problemas na fala, movimentos oculares anormais, doença cardíaca e diabetes.

Leia o resto deste artigo »