O que é a Osteoporose?

Fonte:

 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Dr. André Carvalho

Validação Científica:

Profª. Olinda Marques

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Doenças pela Prof. Helena Canhão: O que é a Osteoporose?

Faça o Quiz aqui: “O que é a Osteoporose?”

Leia o artigo aqui:

O que é?

A osteoporose é uma doença em que os ossos se tornam mais fracos, perdem a sua resistência e têm uma maior probabilidade de sofrerem fracturas. As pessoas com osteoporose apresentam um risco mais elevado de sofrerem fracturas mesmo durante os movimentos do dia-a-dia, tais como a flexão ou a tosse. As fracturas osteoporóticas mais comuns ocorrem ao nível do punho, da anca e da coluna.

Esta doença pode causar grande sofrimento, incluindo a perda da independência e até mesmo a morte, em especial quando a fractura envolve a anca.

As fracturas da anca podem ser difíceis de consolidar e reduzem a capacidade da pessoa para se movimentar, o que também pode conduzir a complicações e a outros problemas de saúde.

A osteoporose é muito mais comum nas mulheres do que nos homens em consequência das alterações hormonais que ocorrem durante a menopausa.

A osteoporose não é uma forma de artrose, mas ao causar fracturas pode conduzir, de facto, à artrose.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Edição da Manhã, SIC Notícias: Asma em análise pelo Prof. João Fonseca

Prof. João Fonseca

O Prof. João Fonseca, Director de Informação do Programa Harvard Medical School Portugal, esteve no programa Edição da Manhã, da SIC Notícias, para falar sobre o Inquérito Nacional do Controlo da Asma.

Veja o vídeo aqui:

Faça ainda o Quiz aqui: Controlo da Asma e Rinite Alérgica

Vencer a Diabetes

Fonte: 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Dr. André Carvalho

Validação Científica:

Prof. António Vaz Carneiro

Faça o Quiz sobre a Diabetes aqui: “Questionário sobre a Diabetes”

Leia o artigo aqui:

A diabetes é três vezes mais comum actualmente do que na década de 1960. Estas são notícias particularmente más não só devido ao facto da diabetes ser, por si só, uma doença potencialmente fatal, como também pelo facto e aumentar o risco de doença cardiovascular, de doença renal, da perda da memória e de outros tipos de deterioração mental. A diabetes é uma doença na qual o organismo já não consegue produzir quantidades suficientes de uma hormona, a insulina, para reduzir os níveis de açúcar no sangue para os valores normais. Na diabetes tipo 2, as células dos músculos, do fígado e do tecido adiposo tornam-se gradualmente menos capazes de responder à insulina, pelo que o organismo não consegue utilizar apropriadamente a insulina que produz. Este declínio na capacidade de resposta, denominado resistência à insulina, é causado, em grande parte, por uma dieta inadequada, pelo excesso de peso e pela falta de exercício físico. As boas notícias são as seguintes: de acordo com a investigação, a diabetes tipo 2 pode ser prevenida através de hábitos alimentares mais saudáveis e do exercício físico regular.

Leia o resto deste artigo »

Edição da Manhã, SIC Notícias: Cancro da Mama pelo Prof. Luís Costa

Prof. Luis Costa

O Prof. Luís Costa, Consultor científico do Programa Harvard Medical School-Portugal/Sociedade Portuguesa de Oncologia, esteve no programa Edição da Manhã, da SIC Notícias, para falar sobre o Cancro da Mama, em antecipação ao Dia Nacional da Prevenção do Cancro da Mama, assinalado no dia 30 de Outubro.

Veja o vídeo aqui:

Veja também o artigo: O que é o Cancro da Mama?

Faça o Quiz aqui: Questionário sobre o Cancro da Mama

Faça o Questionário: Controlo da Asma e Rinite Alérgica

O que deve fazer para saber como anda a sua asma e rinite?

Faça o Quiz aqui: “Controlo da Asma e Rinite Alérgica”

Questionário sobre os primeiros anos de vida.

Os hábitos e as preferências alimentares de uma criança são estabelecidos em grande parte durante os primeiros anos de vida. Conhece algumas das maiores influências? Teste aqui os seus conhecimentos.

Faça o Quiz aqui: “Alimentação nos primeiros anos de vida.

Cancro do ovário

Fonte:

 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Dr. André Carvalho

Validação Científica:

Dr. Ricardo da Luz

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Cancro pelo Prof. Ricardo da Luz: Cancro do Ovário

Faça o Quiz aqui: Questionário sobre Cancro no Ovário

Leia aqui o artigo:

O que é?

O cancro do ovário é o crescimento descontrolado de células anormais nos ovários. Os ovários são os órgãos reprodutores femininos que produzem os óvulos e hormonas sexuais, como os estrogénios.

As células do cancro do ovário podem formar-se em três áreas distintas:

  • na superfície de um ovário (o tumor mais comum)

  • nas células produtoras de óvulos de um ovário

  • em tecidos no interior de um ovário.

O cancro do ovário com frequência não causa quaisquer sintomas, até se disseminar para fora do ovário. É muito difícil detectar a doença durante um exame ginecológico, antes deste estadio tardio. Antes de a doença estar disseminada, os sinais ou sintomas, como micções frequentes e aumento do volume do abdómen, podem ser vagos ou ligeiros e atribuídos a outros problemas. Por estas razões, a maior parte dos cancros do ovário não é diagnosticada até aos estadios tardios da doença, o que conduz a mais mortes do que qualquer outro cancro, no sistema reprodutor feminino.

A ciência médica está actualmente a tentar desenvolver testes para que se consiga detectar o cancro do ovário nos seus estadios iniciais, altura em que é mais provável que seja curado ou controlado.

Leia o resto deste artigo »