Dicas sobre Saúde

Para uma alimentação saudável, escolha carnes com pouca gordura ou magras e carnes de aves. Asse, coza ou grelhe as carnes.

Anúncios

Dicas sobre Saúde

Reduza o tamanho das doses que come. Uma porção deve ser do tamanho da palma da sua mão.

Dicas sobre Saúde

Coma cinco porções de fruta e vegetais todos os dias, uma com cada refeição principal em duas pequenas refeições por dia.

Alimentação saudável durante a gravidez

Drª. Gisele Câmara

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobreAlimentação saudável durante a gravidez” com a Dra Gisele Câmara: Alimentação saudável durante a gravidez

Leia o texto do áudio aqui:

Sabia que durante a gravidez o bebé é capaz de sentir os paladares dos alimentos que a mãe consome? Alguns estudos indicam ainda que nas primeiras refeições “sólidas” o bebé aceita melhor os alimentos que fizeram parte da alimentação da mãe durante a gravidez.

É verdade, a alimentação saudável da mãe durante a gravidez, para além de contribuir para o desenvolvimento saudável do bebé, pode também contribuir para a formação de bons hábitos alimentares. Os hábitos de pequenino vão influenciar os hábitos e a saúde do seu filho para o resto da vida.

Aproveite a oportunidade da gravidez para fazer da alimentação saudável um hábito da sua família. A alimentação saudável para o período da gravidez não é muito diferente da recomendada para toda a população. Utilize a Nova Roda dos Alimentos Portuguesa como guia e esqueça a ideia errada de que a mulher grávida tem de comer por dois.

Para evitar algumas doenças e contaminações perigosas durante a gravidez, deverá ter apenas o cuidado de não consumir alguns alimentos e não descurar da higiene da alimentação.

Leia o artigo aqui: Alimentação saudável durante a gravidez

Atividade física durante a gravidez: recomenda-se!

"Uma abordagem à obesidade infantil"

A atividade física regular, adequada ao período da gravidez, é benéfica para a saúde e o bem-estar da mulher e do bebé. Somente em alguns casos a prática da atividade física durante a gravidez poderá ser desaconselhada pelo médico.

Durante uma gravidez saudável são recomendados, pelo menos, 30 minutos de atividade física moderada todos os dias ou na maioria dos dias da semana.

Estar bem informada pode ser muito útil para tomar decisões no sentido de uma gravidez mais ativa e saudável. Confira os seguintes temas que apresentamos a seguir: benefícios da atividade física durante a gravidez; recomendações para uma vida ativa e saudável durante a gravidez.

Leia o resto deste artigo »

Regras de ouro da diversificação alimentar

Drª. Gisele Câmara

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Obesidade Infantil pela Drª. Gisele Câmara: Regras de ouro da diversificação alimentar

Leia aqui o texto do áudio:

A diversificação alimentar do bebé é a primeira e talvez a mais importante oportunidade para iniciar a formação de bons hábitos alimentares na criança. Neste sentido, são regras de ouro para a diversificação alimentar do bebé:

  • Inicie a diversificação alimentar do bebé, ou seja, a oferta de novos alimentos para além do leite por volta dos 6 meses;
  • Não dê ao bebé alimentos ou bebidas doces. O bebé deve aprender a apreciar os paladares naturais dos alimentos e a água para matar a sede;
  • Não utilize sal na alimentação do bebé;
  • Procure apresentar ao bebé uma grande variedade de alimentos saudáveis até aos 12 meses;
  • Tenha persistência. Por vezes é preciso insistir até 15 vezes para que um novo alimento seja aceite;
  • Deixe que a criança veja, cheire e toque nos alimentos;
  • Incentive o bebé a provar os alimentos mas nunca o obrigue a comer e nem ofereça nada em troca;
  • Aprenda a reconhecer e respeite os sinais de fome e saciedade do bebé;
  • Faça das refeições momentos agradáveis de convívio. Assim será mais fácil para a criança apreciar os alimentos e a hora das refeições;

Seja um bom exemplo para incentivar uma alimentação saudável.

Leia aqui o artigo:

Leia o resto deste artigo »

Uma avaliação mais pormenorizada dos hidratos de carbono

Fonte:

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Dr. Nuno Ferreira

Validação Científica:

Prof. António Vaz Carneiro


Existe uma boa probabilidade de metade das suas calorias diárias serem provenientes dos hidratos de carbono, isto é, os amidos ou açúcares dos alimentos. As múltiplas fontes de hidratos de carbono incluem o pão, a massa, o arroz, as batatas, a fruta e os vegetais.

Antes da popularização das dietas com redução dos hidratos de carbono, o conhecimento prevalente era de que todos os hidratos de carbono são bons e que os deve utilizar para substituir as gorduras. Actualmente, todos os hidratos de carbono são olhados com alguma suspeita. Mas, tal como acontece com as gorduras, os hidratos de carbono não devem ser todos considerados bons ou maus. Os hidratos de carbono correctos ― os que têm um conteúdo elevado de nutrientes e que apresentam um impacto mais pequeno sobre o açúcar no sangue ― servem de combustível para o organismo e são importantes para uma dieta saudável. Mas a ingestão de quantidades excessivas dos tipos errados pode aumentar o risco de desenvolvimento de diabetes e de doença cardíaca. Assim, é sensato escolher os hidratos de carbono que consome de forma equilibrada.

Leia o resto deste artigo »