Dicas sobre Saúde

É possível ter aterosclerose durante muitos anos sem ter sintomas. Se apresentar sintomas de um problema relacionado com a aterosclerose, contacte imediatamente o seu médico.

Anúncios

Dicas sobre Saúde

É possível ajudar a prevenir a aterosclerose ao alterar os factores de risco para a doença. Evite fumar, controle a sua tensão arterial, faça exercício e adopte uma dieta rica em vegetais e fruta.

Doença arterial periférica

Prof. José Fernandes e Fernandes

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre “ Doença arterial periférica ” com o Prof. José Fernandes e Fernandes:  Doença arterial periférica

Na doença arterial periférica não existe um fluxo suficiente de sangue nas pernas. Esta situação é geralmente causada pela aterosclerose, em que depósitos de gordura, denominados placas, se acumulam ao longo das paredes dos vasos sanguíneos, diminuindo o calibre do vaso e reduzindo a quantidade de sangue que consegue passar. O sintoma mais comum de doença é a claudicação intermitente ― dores ou cãibras nas pernas ou nas nádegas que começam quando faz exercício e que desaparecem quando fica em repouso. A dor é frequentemente descrita como uma dor profunda, especialmente nos músculos da barriga da perna e pode estender-se até ao pé ou para cima, para a coxa e para a nádega.

Os factores de risco para uma doença arterial periférica são semelhantes aos factores de risco para a doença coronária e incluem: hábitos tabágicos, hipertensão, diabetes ou obesidade.

Leia o artigo aqui: Doença arterial periférica

Edição da manhã, Sic Notícias – Doença arterial periférica em, com o Prof. José Fernandes e Fernandes

Prof. José Fernandes e Fernandes

O Professor José Fernandes e Fernandes, cirurgião vascular e Diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, falou sobre a doença arterial periférica, um problema que surge quando não existe um fluxo suficiente de sangue nas pernas, normalmente associada à aterosclerose.

Veja o vídeo aqui:

Leia o artigo aqui: Doença arterial periférica

O que é um Bypass Coronário?

Dr. Ângelo Nobre

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Bypass Coronário, pelo Dr. Ângelo Nobre:

“O que é um Bypass Coronário?

Leia o artigo do áudio aqui:

O bypass coronário, também denominado cirurgia de pontagem coronária ou de revascularização coronária, é um procedimento que permite que o sangue contorne (ou faça uma ponte sobre) uma secção obstruída em uma ou mais artérias coronárias.

As artérias coronárias são os vasos sanguíneos que fornecem oxigénio e nutrientes ao coração.

Na doença coronária o lúmen (interior) destas artérias encontra-se estreitado pela acumulação de gordura e de colesterol em placas (aterosclerose), com diminuição da quantidade de sangue que chega ao coração.

Habitualmente esta intervenção cirúrgica é necessária nos casos em que diversas artérias coronárias estão obstruídas de forma generalizada. E o que acontece é que o cirurgião utiliza um vaso sanguíneo de outra parte do corpo para formar um novo canal (pontagem) de modo a que o sangue possa fluir contornando a área obstruída de uma ou mais artérias.

Veja ainda o vídeo aqui: “O que é exactamente um Bypass Coronário?

Leia também o artigo: “O que é um Bypass Coronário”

O que é um Bypass Coronário?

Fonte: 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Drª.Carolina Vaz Macedo

Validação Científica:

Prof. António Vaz Carneiro

Leia aqui o artigo:

O que é?

O bypass coronário, também denominado cirurgia de pontagem coronária ou de revascularização coronária, é um procedimento que permite que o sangue contorne (ou faça uma ponte sobre) uma secção obstruída em uma ou mais artérias coronárias.

As artérias coronárias são os vasos sanguíneos que fornecem oxigénio e nutrientes ao coração. Existem várias artérias coronárias e os seus nomes estão relacionados com a localização (ex: ramo principal da artéria coronária esquerda, artéria coronária descendente anterior e artéria coronária direita).

Na doença coronária o lúmen (interior) destas artérias encontra-se estreitado pela acumulação de gordura e de colesterol em placas (aterosclerose), com diminuição da quantidade de sangue que chega ao coração. Estas placas podem ainda romper, levando à formação de um coágulo de sangue que pode obstruir a artéria e interromper de forma abrupta o fluxo de sangue para o coração, originando um ataque cardíaco.

Leia o resto deste artigo »

O que é a Angina de Peito?

Fonte: 

Tradução e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Drª.Carolina Vaz Macedo

Validação Científica:

Prof. António Vaz Carneiro

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre Cardiologia pelo Prof. Lino Gonçalves: «O que é a angina de peito?»

Veja o vídeo aqui:

Leia o artigo aqui:

O que é?

A angina de peito, também chamada de angor pectoris, é um desconforto ou dor no peito que ocorre quando não chega às células musculares do coração sangue rico em oxigénio em quantidade suficiente. A angina não é uma doença mas sim um sintoma de uma condição mais grave, normalmente uma doença coronária, em que os vasos que fornecem sangue ao coração se apresentam estreitados ou obstruídos. A doença coronária é normalmente causada pela aterosclerose, uma situação em que depósitos gordos (chamados “placas”) se formam ao longo das paredes interiores dos vasos sanguíneos. Apesar de a angina afectar mais frequentemente homens de meia-idade ou mais velhos, pode ocorrer em ambos os sexos e em todas as faixas etárias.

Leia o resto deste artigo »