O bisfenol-A pode afetar o comportamento das raparigas

Fonte:

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Um estudo recente sugere que a exposição ao bisfenol-A antes do nascimento pode afetar o comportamento das raparigas. O bisfenol-A é uma substância química encontrada em alguns plásticos e em muitos outros produtos. O estudo incluiu 244 mulheres grávidas, tendo os investigadores procedido ao doseamento dos níveis de bisfenol-A durante a gravidez. Este doseamento foi igualmente realizado nas crianças. Quando estas atingiam os três anos de idade, as mães avaliaram o seu comportamento através de um questionário padronizado. As raparigas cujas mães apresentavam níveis elevados de bisfenol-A durante a gravidez apresentaram pontuações mais baixas. Elas tinham uma maior probabilidade de se revelarem ansiosas ou deprimidas em comparação com as outras raparigas. Elas tinham igualmente mais problemas ao nível do controlo dos sentimentos ou do comportamento. Contudo, todas estas medidas encontravam-se dentro dos valores normais. Não foram observados efeitos nos rapazes. Os investigadores admitiram que não tinham a certeza do motivo pelo qual apenas as raparigas pareciam ser afetadas. Mas alguma investigação sugere que o bisfenol-A simula os efeitos dos estrogénios, que são hormonas femininas. A revista Pediatrics publicou o estudo na Internet e a Associated Press escreveu recentemente sobre ele.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios