Fenómeno de Raynaud

Fonte:

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Drª.Carolina Vaz Macedo

Validação Científica:

Prof. António Vaz Carneiro

O que é?

Quando uma pessoa saudável se encontra num ambiente frio, os pequenos vasos sanguíneos da pele contraem-se, ou estreitam-se, num esforço para conservarem o calor. Nas pessoas com um fenómeno de Raynaud, esta resposta natural ao frio é extrema. Os pequenos vasos sanguíneos entram em espasmo, estreitando-se e reduzindo o fluxo sanguíneo para as áreas afectadas. Esta resposta, chamada vasospasmo, é observada mais frequentemente nos dedos das mãos e dos pés, mas também pode ocorrer nas orelhas, na face e no nariz. Em algumas pessoas com esta perturbação, a constrição ocorre igualmente em resposta ao stress emocional ou a uma alteração rápida da temperatura ambiente de quente para frio.

O efeito deste fenómeno pode ser dramático e assustador, mas é temporário e raramente perigoso. A cor da pele afectada é muito diferente da cor da pele normal. A área afectada pode estar entorpecida e apresentar uma sensação de picadas (“formigueiros”). Quando a área afectada é aquecida, os vasos sanguíneos relaxam-se e expandem-se, o que permite um aumento do fluxo sanguíneo. A pele torna-se, então, rosada ou avermelhada à medida que o sangue regressa e pode ocorrer uma sensação de calor, de latejar ou de dor surda. Leia o resto deste artigo »