Aneurisma da aorta abdominal

Prof. José Fernandes e Fernandes

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobre “ Aneurisma da aorta abdominal ” com o Prof. José Fernandes e Fernandes:  Aneurisma da aorta abdominal

Um aneurisma da aorta abdominal é uma dilatação anormal potencialmente fatal (frequentemente com a forma de balão) de um segmento da maior artéria do corpo, a aorta, verificando-se nessas circunstâncias que parede da artéria forma uma saliência em vez de permanecer direita.

 A maioria dos aneurismas da aorta não provoca quaisquer sintomas, ocorrem, podem incluir:

  • Dor no abdómen, nas costas ou nos flancos, entre o bordo inferior das suas costelas e os quadris
  • Sensação de plenitude gástrica após ingerir uma pequena refeição
  • Náuseas e vómitos
  • Massa pulsátil no abdómen

 Por vezes, o médico pode suspeitar de um aneurisma da aorta baseado na audição de um fluxo sanguíneo anormal no abdómen durante um exame físico e ao ver e/ou sentir uma massa pulsátil no abdómen quando o doente se encontra deitado.

Veja o vídeo e leia o artigo aqui: O que é um aneurisma da aorta abdominal?

Dicas sobre Saúde

A angina de Peito é um desconforto ou dor no peito que ocorre quando não chega ao coração sangue rico em oxigénio em quantidade suficiente.

Dicas sobre Saúde

Sabia que a hemofilia é uma doença hereditária que impede o sangue de coagular adequadamente?

Edição da manhã, Sic Notícias – Doença arterial periférica em, com o Prof. José Fernandes e Fernandes

Prof. José Fernandes e Fernandes

O Professor José Fernandes e Fernandes, cirurgião vascular e Diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, falou sobre a doença arterial periférica, um problema que surge quando não existe um fluxo suficiente de sangue nas pernas, normalmente associada à aterosclerose.

Veja o vídeo aqui:

Leia o artigo aqui: Doença arterial periférica

Hemorragia nasal

Dra Sandra Sousa e Castro

Oiça, em 1 minuto, o áudio sobreHemorragia nasal” com a Dra Sandra Sousa e Castro: Hemorragia nasal

Leia o texto do áudio aqui:

O interior do nariz encontra-se coberto por um tecido húmido e delicado (mucosa) rico em vasos sanguíneos, que quando lesionados podem sangrar. No entanto, raramente uma hemorragia nasal representa risco de vida ou é fatal, e medidas simples de primeiros socorros são suficientes para parar a hemorragia em alguns minutos. Se não conseguir fazer parar uma hemorragia nasal, deve contactar o médico imediatamente ou dirigir-se a um serviço de urgência.

 O ambiente quente e seco, as constipações e alergias, o alcoolismo, o fumo do tabaco, certas doenças como a hipertensão e alguns medicamentos aumentam o risco de hemorragia nasal.

 Consulte um médico se tiver hemorragias frequentes, se tiver sempre o nariz tapado ou o nariz a pingar com mau cheiro. Nos idosos e nos fumadores, estes sintomas podem indicar a presença de um tumor. Nas crianças pequenas, estas alterações podem constituir sinais sugestivos de um corpo estranho alojado numa narina, como por exemplo  um brinquedo.

Leia o artigo aqui: hemorragia nasal

Na categoria Doenças. Etiquetas: , , , . Leave a Comment »

Edição da Manhã, Sic Noticias: Transplante de Medula Óssea pelo Professor João Lacerda

Prof. João Lacerda

O Prof. João Lacerda, Hematologista, esteve no programa “Edição da Manhã” da SIC Notícias para falar acerca do “Transplante de Medula Óssea”.

Veja o vídeo aqui:

Leia aqui o artigo: Transplante de Medula Óssea

Hemorragia nasal (Epistaxis)

Fonte:

 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Drª.Carolina Vaz Macedo

Validação Científica:

Drª Luísa Monteiro

O que é?

O interior do nariz encontra-se coberto por um tecido húmido e delicado (mucosa) que dispõe de um fornecimento abundante de vasos sanguíneos próximo da superfície. Quando o tecido é lesado, mesmo na sequência de uma ferida ou arranhão ligeiros, estes vasos sanguíneos tendem a sangrar, por vezes de forma intensa. As hemorragias nasais que têm origem na porção anterior do nariz, denominadas hemorragias nasais anteriores, são muito comuns, uma vez que esta é a área mais sujeita a lesões. A localização mais frequente é o septo nasal, que é a parede entre as duas cavidades do nariz (fossas nasais). Na maior parte dos casos, este tipo de hemorragia nasal não é grave e pode geralmente ser estancada aplicando exteriormente alguma pressão, na face externa ou asa do nariz, entre 5 a 10 minutos, com um pouco de paciência.

Leia o resto deste artigo »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 214 outros seguidores