Fibromiomas

O que é?

Um fibromioma é uma massa ou tumor no útero que não é canceroso. Os fibromiomas podem ser tão pequenos como uma ervilha ou tão grandes como uma bola de basquetebol. Geralmente são redondos e cor-de-rosa e podem crescer em qualquer local no interior ou na superfície exterior do útero.

Cerca de 30% das mulheres com mais de 30 anos de idade têm fibromiomas e estes geralmente surgem entre os 35 e os 45 anos. Algumas mulheres têm uma maior probabilidade a apresentarem fibromiomas, incluindo as mulheres de raça negra, as mulheres que nunca estiveram grávidas e as mulheres que têm a mãe ou uma irmã com fibromiomas.

A causa dos fibromiomas é desconhecida. No entanto, os estrogénios, que são hormonas femininas, parecem desempenhar um papel na estimulação do crescimento de alguns fibromiomas. Leia o resto deste artigo »

Anúncios
Publicado em Doenças. Etiquetas: , , . 1 Comment »

Epilepsia

Fonte:

 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

Adaptação Científica:

Drª. Ana Sofia Correia

Validação Científica:

Dr. Alexandre Campos

O que é?

A epilepsia é uma doença do sistema nervoso que causa alterações repetidas, súbitas e breves da actividade eléctrica do cérebro, manifestando-se por crises epilépticas recorrentes. As crises epilépticas são episódios de descarga anormal e excessiva de células nervosas cerebrais, que afectam temporariamente a forma como a pessoa se comporta, move, pensa ou sente. Um indivíduo pode ter uma crise epiléptica sem ter epilepsia e sem ter uma doença do sistema nervoso (o que pode acontecer, por exemplo, por alterações dos iões ou diminuição da glicose no sangue, privação de álcool nos alcoólicos ou ingestão de drogas).

Existem dois tipos principais de crises epilépticas:

  • Uma crise epiléptica generalizada primária envolve todo o cérebro e provoca perturbação do estado de consciência.
  • Uma crise epiléptica focal ou parcial começa numa área cerebral, afectando apenas uma parte do cérebro. No entanto, uma crise parcial pode transformar-se numa crise epiléptica generalizada (crise parcial com generalização secundária). Leia o resto deste artigo »

Hipertiroidismo

Fonte:

 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Dr. André Carvalho

Validação Científica:

Profª. Olinda Marques

O que é?

O hipertiroidismo é uma doença na qual o organismo produz uma quantidade excessiva de hormona tiroideia. Esta situação é igualmente denominada de tiroideia hiperactiva.

As hormonas tiroideias são produzidas pela glândula tiroideia, que se encontra situada na parte anterior e inferior do pescoço. Estas hormonas regulam a energia do corpo e quando atingem níveis excessivamente elevados, o corpo consome energia mais rapidamente e muitas funções vitais aceleram-se. Leia o resto deste artigo »

Dicas sobre Saúde

A maior parte das crianças com traumatismos crânio-encefálicos apresentam um prognóstico excelente, com um risco muito baixo de complicações

Dicas sobre Saúde

As crianças com um traumatismo crânio-encefálico ligeiro geralmente não precisam de tratamento, além de vigilância durante 48 horas.

Edição da amanhã, Sic Notícias – Dores nas costas em análise com a a Profª Helena Canhão

Prof. Helena Canhão

No Porgrama da Edição da manhã da Sic Notícias, a Professora Helena Canhão, reumatologista e investigadora do Programa HMS-PT , falou sobre dores nas costas, um problema que afeta um grande número de portugueses.

Veja o vídeo aqui:

Leio o artigo aqui: Dor nas costas

Hipotiroidismo

Fonte:

 

Tradão e Edição de Imagem Científica:

 

Adaptação Científica:

Dr. André Carvalho

Validação Científica:

Profª. Olinda Marques

O que é?

O hipotiroidismo significa que a glândula tiroideia (situada na parte anterior e inferior do pescoço) não consegue produzir uma quantidade normal de hormonas tiroideias, isto é, a glândula tiroideia está hipoactiva.

As hormonas tiroideias regulam a energia do organismo. Quando os níveis de hormonas tiroideias estão anormalmente baixos, o organismo queima a energia mais lentamente e as funções vitais, como os batimentos cardíacos e a regulação da temperatura, diminuem. As causas de hipotiroidismo incluem:

  • um defeito de nascença (congénito) da glândula tiroideia
  • uma doença auto-imune, na qual o sistema imunitário do próprio organismo ataca a glândula tiroideia
  • cirurgia da glândula tiroideia ou tratamentos com iodo radioactivo para tratar um cancro da glândula tiroideia ou um hipertiroidismo (níveis anormalmente elevados de hormonas tiroideias).

Um hipotiroidismo de curta duração pode ser causado por determinados tipos de inflamação da glândula tiroideia ou por infecções causadas por vírus. Em menos de 5% dos casos, o hipotiroidismo é causado por um problema do hipotálamo ou da hipófise e não na glândula tiroideia. O hipotálamo é uma estrutura cerebral que normalmente estimula a hipófise para produzir a hormona estimuladora da glândula tiroideia (TSH) que, por sua vez, induz a glândula tiroideia a produzir as hormonas tiroideias. Leia o resto deste artigo »

Publicado em Doenças. Etiquetas: , , . 1 Comment »